sábado, 23 de outubro de 2010

Tente não piscar

O que você pretende com esse microscópio?
Cedo ou tarde, o que tiver de vir, virá até você, é quase que inevitável.
Quem você quer com esse telescópio?
Desequipe esses olhos. Abra os mesmo e olhe para o céu.
Eles já estão por aqui e não é de hoje.
O que você pensa sobre esses graus?
Como se comporta sem ele?
O embaçado e desfocado que você vê é real.
Realmente vale a pena fingir que está tudo nítdo?

Lápis, rímel, sombra, sílio, lente, pente, pinta e pinça,
O que você tem atrás disso tudo?
Quem é você,
E porque se esconde no breu desses óculos escuros?

domingo, 17 de outubro de 2010

Click

Um click, respiro.
Outro click, espero.
Mais um e o tempo passa.
E passa o tempo,
E me desespero.

Na tela desse velho computador pesquiso, leio, releio, procuro e espero...
...e esse site que não abre.

Enquanto isso, penso, repenso, me rendo à demora e me angustio com a espera de tudo, que parece que, junto com esse velho computador, parou, simplesmente.
Droga, o computador parou

Além da dependência desse velho computador, o que restava, me abandonou.
Minha internat também parou.

É hora de pegar o pensado e repensado e tranforma-lo em ação. Fazer, refazer..
Agir e não reagir contra o que fizeram ou pensaram.

Não reagir?
Não reagir! Simplesmente porque meu tempo também parou. E a vida está parando.

Nos resta esperar o mundo parar , e deixar a inércia nos lançar à algum lugar melhor.