segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Toda Flor Tem Seu Espinho

Quando acordar
Não é você
Quem eu vou ver
No meu jardim

E ao respirar
Não sentirei
O seu perfume
Perto de mim

Se você desabrochar
Boa estadia, nesse novo dia
N'outro quintal
Longe do meu suposto mal...

Aaah aah... Eu não quis te machucar...

Sei, toda flor tem espinho
Considere-me a parte espinhosa desse teu caminho
Sei, toda flor tem a parte não tão bela
Amo e cultuo a todas, inclusive ela


Quando precisar
Não poderei
Estar aí
Pra te regar

Se sufocar
Certeza
Fui eu o responsável
Por te cortar

Aaah aah.
Eu só queria te ter aqui
Com meu amor tentar te suprir
Mas não consegui.

Sei, toda flor tem espinho
Considere-me a parte espinhosa desse teu caminho
Sei, toda flor tem a parte não tão bela
Amo e cultuo a todas, inclusive ela

21 comentários:

  1. Há sempre a sombra sonora de um disco voador.
    A verdade está lá fora.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. foi você que escreveu?

    ResponderExcluir
  3. Você fez uma música ou é impressão minha?
    Cara que fooooda.
    Nossa muito brabo mesmo.*__*
    Quem diria heeein "dodread" ?
    hehehe'
    Tá virando poeta, compositor e apaixonado.
    hehe'
    =)
    Bos Sorte nessa vida nova.
    Só espero que nãos e esqueça da humilde amiga aqui.rss'

    Beijooos.
    =*

    ResponderExcluir
  4. Aaah tem dois selos para você lá no blooog.\o/

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Dizer que adorei já tá ficando repetitivo, mas é a mais pura verdade. Tá cada vez melhor! Continua que vc vai longe, eu sei! ;) Beijos

    ResponderExcluir
  6. Acho esse blog muito bacana.
    http://olhaissonet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. gostei bastante, e me surpreendi. Seguindo!
    Dá uma visitada no meu, http://seguidordaspalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Bela poesia, participa lá da comunidade bar do escritor, são poucos membros, mas ela é bem movimentada, se a poesia for boa elees comentam e muito...um abraço.
    http://complicadamentevivos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. po cara, misturado com um reggae isso fica muito louco!
    parabéns pelo blog
    abraçs.

    ResponderExcluir
  10. vc quem fez? se foi.. parabéns amigo... muito muito bom mesmo.
    ''de que valem os dreads se as palavras são em vão?'' coloquei isso no msn *-*

    ResponderExcluir
  11. nossa faz tempo que não passo por aqui.

    Caio Assis por um acaso é parente do Machado de Assis? rs , não sei se é uma música ou um poema, mas os versos são lindo e expirador, lembrei de um ex namorado meu que na verdade eu nem dei muito valor pra ele e hoje me arrependo. Me identifiquei nos versos. Porque não faz um livro?

    Abração.

    ResponderExcluir
  12. mt legal o seu blog parabens
    http://anuncieseubloggratis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Toda flor tem seus espinhos, mas quando nós aprendemos a gostar, se for de verdade, aprendemos a admirar os espinhos também, as vezes nós só precisamos de alguém que nos ame a ponto de admirar nossos "espinhos".

    ResponderExcluir
  14. Parabéns, ótimo texto... e aliás ótimo blog!!!

    ResponderExcluir
  15. Apaixonado moço?

    Não sei se sim, mas que está mais inspirado (e que bela poesia)isso você está!!!

    Toda flor tem seu espinho (ninguém é perfeito) mas se segurar com jeitinho, o espinho vira carinho...

    Beijinhos poeta!!!

    ResponderExcluir
  16. Foi vc qm escreveu? O.o muiito lindo... Parabens plo blog, mto maneiro =]

    ResponderExcluir
  17. toda flor tem espinhos, e cada petala é fragil
    a vida não é um mar de rosas mas não é tão dificil navegar nela se aprender- mos a ser levados pela brisa

    ResponderExcluir
  18. toda flor tem espinhos, e cada petala é fragil
    a vida não é um mar de rosas mas não é tão dificil navegar nela se aprender- mos a ser levados pela brisa

    ResponderExcluir