domingo, 28 de março de 2010

Carência / decadência musical

A vida é um ciclo, a música é um ciclo, tudo tem que girar e tudo tem que se renovar.
Nesse giro, coisas novas surgem e sobem para o sucesso e outras simplesmente descem e voltam para o anonimato, acompanhando a rotação.
E o nível, porque esquecem de erguê-lo ao topo? Não é um ciclo?.
Por que bandas sobem e o nível fica por baixo?
Se o nível é ruim, e as bandas também, porque caralhos elas estão em cima?

Me vejo num terrível período de carência musical, onde o que é de fácil acesso é de dificílima digestão e o tragável está em algum lugar, longe da televisão. E o pior é saber que essa carência ou decadência musical é controlada exatamente do jeito que tem que ser, pelo menos para os padrões televisivos. O que ''eles'' julgam melhor, é o que está por cima, e eu, tenho que me contentar com meus heróis morrendo, não mais de overdose e ver os inimigos da boa música, no poder.

Oh, como eu queria ter nascido há alguns anos atrás.
Sem querer generalizar, mas convenhamos, de fato eles eram mais e eram melhores.
E com o tempo... os bons param, os bons são parados, os bons desistem e infelizmente, os bons morrem.
Mas porque esses caras morrem, são deuses, não deveriam ser imortais?
Resta lamentar né, e arrumar um pretesto pra agredecer essa mortalidade musical, afinal, os ruins também morrem.

Enfim, não sou dos maiores conhecedores da música, mas como admirador de boa música, pesso...

Aos bons musicos, façam suas preces.
E à mim, eviem algo que preste!

sábado, 20 de março de 2010

Vamos comemorar...

Aglomerado de pessoas no centro da cidade do Rio de Janeiro.
Um palco, pessoas importantes, diversas atrações, bebidas, músicas, enfim, uma festa, ainda é carnaval!! Que beleza! Uh! Monobloco!

Uh!... Ué, Monobloco?
Apesar das semelhanças, não se trata do Monobloco, nem de nenhum outro mono ou poli, afinal, o carnaval já acabou. Agora a coisa é séria.

Tudo bem que não parecia, mas era um manifesto, dizem que teve até passeata... Dizem, e vou ficar com o que disseram, afinal, eu não pude estar lá pois estava um pouco ocupado morando longe da civilização.

Enfim, as pessoas que bebiam, dançavam, zoavam e até protestavam, protestavam contra a possível nova divisão dos bilhões de reais que brotam do pré-sal e chegam à superfície por meio das plataformas da Petrobrás. Chegas pela Petrobrás e chagam principalmente por Macaé. Chegam também por Santos e por algum lugar no Espírito Santo. E estes, serão os mais prejudicados caso essa tal ''nova divisão'' seja aprovada.

Só o Rio, deixaria de ganhar uns 7 BIlhões, o que impossibilitaria a realização dos Jogos Olímpicos do Rio e a Copa do Mundo, ou seja, além dos R$7bi, os pobrinhos ainda deixariam de ganhar mais alguns trocados com o pequeno lucro que tais jogos proporcionam.

Aah, é importante lembrar que as Olimpíadas serão em 2016 e a Copa em 2014, se o mundo não acabar antes...

É... O mundo aquecendo e a gente discutindo e até festejando em cima da divisão do combustível que alimenta o fogo que queima o planeta

sábado, 13 de março de 2010

Bangu 2, Madureira 1, destaque para Tiano, autor dos dois gols banguenses.
Destaque também para 60 segundos dedicados à algo inesperado.
Sessenta segundos antes do apito que indicava o inicio da partida no Moça Bonita, o árbitro pediu silêncio por um minuto. Não para algum dirigente ou ilustre banguense falecido.
Um minuto de silêncio em luto econômico, pela perda financeira do Rio referente à
emenda que alterou a participação dos estados brasileiros nos royalties do pré-sal .

São R$ 5 bilhões a menos nos cofres fluminenses, que teoricamente inviabilizaria a organização da Copa do Mundo e das Olimpiadas.
Como assim, não vai ter Copa?
Claaaro que vai, arruma-se facilmente um jeitinho bem brasileiro pra sair dessa, mole mole.

E o luto continuará no jogo entre Flamengo e Vasco. Segundo a coluna de Ancelmo Gois, no jornal "O Globo", os times entrariam em campo, lado a lado, com os dizeres ''Contra a covardia, em defesa do Rio''.

Lado a lado... de um lado, ''o poder'' não é mais tão poderoso e Dodô poderá ficar no banco, e o Império do Amor não precisa ser um império, com esses problemas do Adriano e jogando contra o Vasco, só o Love já tá bom, mas o Adriano joga, o que facilita mais ainda a missão Rubro-Negra.

E que venha o tetra...
(ou tri né, nego tá com uma mania esquisita de diminuir o número de títulos do Flamengo)

terça-feira, 9 de março de 2010

Respeitem...

Quase 3 anos de sua vida, dedicada exclusivamente a uma só causa, uma causa não muito séria para o resto da sociedade.
Muita coisa perdida, para alguns, em vão, para outros, por besteira, mas não para ele.

Ele realmente levava aquilo a sério, inclusive cuidava, ao contrario do que muitos pensam. Ele cultivava, literalmente.
Toda aquela história de amor e dedicação já tomava conta de sua cabeça, e transbordava, escorria pelo pescoço, chegando aos ombros, consumindo de forma acelerada e modificando toda a parte superior de seu corpo e com o objetivo de alcançar o meio das costas e porque não, o final dela.

Eis que surge um obstaculo em sua vida, alguém que simplesmente quer acabar com aquilo sem nada ter a ver com aquilo.
Não que o risco seja grande, mas existe, ele não teme, mas se pudesse escolher, ele escolheria o msmo que escolhera há 2 anos atras.

Não faz aquilo por religião, como muitos confundem, mas tem o direito de fazer, afinal, cada um escolhe o que fazer com seu corpo, como uma tatuagem, porém com a escolha de largar depois, é só cortar, mas não agora, não com tão pouco tempo curtido.
Afinal, qual a graça de fazer dread e cortar 1 ano e 3 meses depois?

Emfim, respeitem os dreads dos calouros

domingo, 7 de março de 2010

Fim das férias eternas se aproximando, o terror de ter que madrugar pra me deslocar diariamente pra longe martelando na cabeça ( só pra lembrar que não é qualquer longe, é Duque de Caxias, filhão... DUQUE DE CAXIAS ), então vamos aproveitar os dias que nos restam, afinal, não sou só eu que estou dando adeus à vida de desocupado.

Após a informação do tal local onde rolava algo diferente para aproveitar-mos, descem as 20 cabeças, Parque Leopoldina abaixo, rumo à tal festa ou à qualquer outro lugar que não confundisse a nossa chegada com um arrastão.

Chegando lá, soma-se os já presentes com os nossos 20 e resulta nuns 30.
Mas tá bom né, afinal, 30 é um número bem considerável.
10 minutos após, o ambiente começa a ficar mais cheio, e sobe uma fumaceira, uns 3 cheiros estranhos, ruidos começam a sair do banheiro, pessoas pulando na piscina, seres mordendo a própria orelha, entre outras coisas...

Eis que então os seres cansam de morder a orelha, os olhos avermelhados quase se fecham, uns desistem de ficar em pé, outros desistem de permanecer no ambiente, todos param de dançar e a calmaria toma conta do ambiente, fora o tuntz tuntz no ultimo volume que ainda atordoavam os ouvidos dos sóbrios.
Não que o Tuntz Tuntz seja muito ruim.
Mas sinceramente, como gosto da tranquilidade da minha praça e do blem blem blem do meu violão.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Gramacho lá vou eu...

Longe?
Longe é Jaconé!
Duque de Caxias é logo ali, poxa.

Sai de casa, anda um pouquinho e você chega na Guilherme, mas é pouqinho mesmo, nem dá pra sentir dor na perna, só um pouco de preguiça, ainda mais se for antes de 5h da manhã, mas com o tempo você supera, ou ...
ou supera irmão, tu não tem muita escolha!

Depois é só molezinha, nem precisa andar mais nada, é só esperar o trem e chegar no seu destino, lembrando que você não vai andar mas vai ficar em pé, e o trem vai estar lotado. Mas você pode dar uma sorte e arrumar um lugarzinho pra sentar, afinal, são 21 estações. Ah, eu não tinha dito né? O tal destino fica a 21 estações da Guilherme da Silveira.

21 estações, até São Cristóvão, tendo sentado ou não no caminho, você terá de descer em São Cristóvão, e depois pegar outro trem, você pode perder, e por conta disso esperar mais uns 30 minutos, mas Deus é bom e não vai fazer isso com você, não todo dia. Mas daí em diante é só correr pro abraço, além de demorar, o trem é pior, os lugares por onde ele passa também, mas provavelmente tu vai sentado, tirando aquele cochilo...

Oh, mas cuidado, cuidado pra não levar o cochilo muito a sério e...

''Próxima estação, Campos Elíseos, desembarque pelo lado esquerdo''

quarta-feira, 3 de março de 2010

Finalmente algo minimamente sério

Parada desde...
Nossa... Eu realmente estava contando. Mas fazer o que...?
Ficou parada tanto tempo que eu até perdi a conta.

Enfim, após a mudança na direção, já é perceptível alguma mudança no ambiente.
O Geraldo Azevedo, por exemplo, já marcou presença por lá. Dizem que foi a própria produção do cara que organizou o show, mas quem se importa? Ponto para a atual gestão!
A Mart'nália já tem show confirmado para o próximo dia 19, mais um ponto!
Fora boatos de outros bons shows que traríam a nossa Lona definitivamente à ativa.

Não é a fase mais constante da Lona de Bangu, mas a pouco tempo não tinhamos absolutamente nada dentro dela. No máximo um musical High School e um alô do Barney e dos seus amigos, uma vez ou outra. Então, qualquer coisa já é alguma coisa.

Fora as já tradicionais oficinas, e cursos oferecidos pelo espaço, afinal, é uma Lona Cultural e não uma casa de show.

É a cultura voltando a Bangu! (vamos torcer)

Falando em Bangu, vale um salve pra recuperação do alve-rubro no Carioca desse ano.
Após 4 derrotas nas 4 primeiras partidas, o Vermelho e Branco da Zona Oeste se recuperou de maneira parecida com o que aconteceu no ano passado e já vai pra 5ª vitória seguida, contando essa de 2x1 em cima do Vasco logo mais, às 19h30. (2 do Sassá, dáá-lhe Sassá!)

Por enquanto são 4 vitórias, 4 derrotas, 11 gols feitos e 11 sofridos. Isso sim é que é regularidade.

É o Bangu rumo à Libertadores 2017! Nos aguardem...

segunda-feira, 1 de março de 2010

Raspas e restos me interessam...

Assim como mentiras sinceras ou raspas e restos, qualquer bobagem interessante serve, ou não, a bobagem pode ser desinteressante também.

Logo na primeira postagem, percebi uma certa empolgação no entorno do link desse blog. Sinceridade, incentivo apenas ou puxação de saco, sei lá né, vai saber.
Em menos de 24h me vi sem saber o que fazer pra prosseguir, sem idéias, sem muita ajuda, sem o tal talento pra dar aquela enrrolada em qualquer coisa, sem o que... enfim, meio na merda!

Eis que surge a idéia abençoada de pedir qualquer bobagem pra Carol ( Carol, bjs me liga ), mas não qualquer bobagem, uma bobagem interessante, só pra não cair o nível tão rapidamente. Pra não falar de receita de bolo ou o quão lindo o Dourado é, assim, logo nas primeiras postagens.
Sem desmerecer os cozinheiros do Brasil, nem os fãs do Dourado, e é importante lembrar que eu já estou pesquisando e vi um bolo de chocolate... ''Meu Deus do céu!!'', futuramente vem parar por aqui.

Fiquei até na dúvida de postar ou não, 2 em menos de 24h, né. O que farei nas outras 24h?

Aah, já sei!! Posso pedir ajuda aos raros leitores dessa humilde página da internet.
Qualquer bobagem interessante ou não, raspas, restos, mentiras sinceras, porções de ilusão, qualquer coisa.
O que vier já ajuda esse pobre iniciante.